Publicado em 04 de abril de 2019

10 dicas para administrar um restaurante de sucesso

Quem está do lado de fora e vê tanta gente sentando e levantando das mesas de bares e lanchonetes, nem sempre sabe os desafios de administrar um restaurante.

O mesmo vale para outros estabelecimentos que servem comida ou até mesmo aqueles que oferecem opções de entretenimento, como boates e casas de show.

Administrar um restaurante não é uma tarefa fácil e, se você chegou até esse texto cheio de dicas, provavelmente já alcançou tal realização!

Mas não se preocupe! Administrar um restaurante é uma eterna busca por conhecimento e aprendizado. Quando lidamos com serviços e pessoas é normal esperar por isso.

A depender do tempo que você tem seu restaurante é certo dizer que você já pensou em mudar a estrutura algumas vezes, se é que já não chegou a fazê-lo!

E se você costuma frequentar muitos restaurantes, bares, etc, ou se simplesmente observa o mundo à sua volta, já viu que muitos lugares já trocaram de administração.

Para evitar tais cenários e buscar uma estrutura ideal para administrar um restaurante da melhor forma possível, fique conosco!

Ao longo desse artigo, você encontrará diversas dicas para se destacar e administrar um restaurante como ninguém!

 

1 – Monte um plano de negócios

Esta dica está voltada principalmente para aqueles que querem montar um restaurante, bar, lanchonete ou qualquer outro estabelecimento voltado para entretenimento e/ou alimentação .

Mas nunca é tarde para quem já abriu um negócio e precisa administrar um restaurante da melhor forma possível.

Encare seu plano de negócios como os steps que levarão seu restaurante ou estabelecimento para o sucesso.

Para isso é fundamental que você faça uma pesquisa de mercado, analise a concorrência, crie sua persona e, claro, elabore suas projeções financeiras.

 

2 – Faça um plano de Marketing

Muito atrelado ao tópico anterior, para administrar um restaurante muito bem é necessário ter o Marketing como melhor amigo. Afinal, não basta existir, tem que aparecer.

O lado positivo do Marketing é que ele pode atuar de diversas formas e, por isso mesmo, é tão importante não ignorá-lo.

Entre algumas estratégias que funcionam muito bem, o engajamento com o público é um dos principais pontos. Entretê-los e servi-los da forma adequada é meio caminho andado.

Procure investir em eventos, em teasers, em descontos – “drinks pela metade do preço às terças” ou “quarta com pizza em dobro” -, faça degustação de novas bebidas ou pratos.

Outra dica de ouro é não deixar as redes sociais de lado. Além de realizar anúncios, postar conteúdo e informar, também é sempre bom monitorar o que as pessoas estão dizendo.

Lembre-se que, graças ao compartilhamento de posts, uma reclamação pode se tornar um verdadeiro evento e ganhar repercussão de grande amplitude, sem exageros.

 

3 – Invista em treinamento de funcionários

Criar um restaurante baseado em conceitos, estruturar planos, elaborar o melhor cardápio da região, mas deixar de lado o treinamento dos funcionários é um tiro no pé.

A importância do treinamento dos funcionários influencia diretamente no bom andamento da administração de um restaurante. Afinal, quem lida com os clientes? Os funcionários!

Procure realizar cursos e reuniões para que o bom atendimento seja priorizado, assim como a gentileza e a agilidade.

Mas não se limite a isso: é importante que se pense de forma bem distribuída e ampla, que vai da composição das refeições e até mesmo questões de segurança.

 

4 – Escolha bem seus fornecedores

Encontrar bons fornecedores, que aliem qualidade de produto, preço e agilidade na entrega é uma das funções de quem quer administrar um restaurante.

Quando o fornecedor deixa a desejar, tudo desmorona: são produtos do cardápio que serão afetados, provavelmente você gastará a mais dinheiro e a relação ficará instável.  

Procure por fornecedores que entendam seu negócio e que dê match com suas necessidades, além de demonstrar compromisso e ter credibilidade no mercado.

 

5 – Simplifique processos investindo em tecnologia

Para administrar um restaurante é de suma importância que os processos sejam simplificados, principalmente, para evitar erros.

Letras ilegíveis, contas erradas, pedidos que nunca chegam à mesa e papéis que caem no chão são alguns dos erros que podem causar frustração e impaciência nos clientes.

Para evitar isso, alie-se à tecnologia e abrace tudo que ela oferece: ferramentas de gestão financeira, controle de mesas, controle de estoque, funções para delivery e muito mais.

Além de simplificar processos e evitar cair em erros que podem gerar prejuízos para seu restaurante, a tecnologia faz seu estabelecimento ganhar credibilidade e lucro!

 

6 – Organize funções e atividades

Em um dia a dia cheio de demandas essenciais, relacionar atividades pode ser uma boa estratégia para que nada deixe passar e ainda facilite sua visão de gestão.

Todas as funções devem ganhar sua própria lista (ou outra forma de organização e visualização que você preferir) para que a organização comece a acontecer.

Com todas as listas em mãos, você poderá começar a distribuir (caso seja necessário), organizar melhores horários e até melhores métodos.

Este passo é especialmente importante ao administrar um restaurante, pois você não apenas conseguirá otimizar tempo, como encontrar as melhores maneiras de evitar erros.

 

7 – Defina bem seu cardápio

Quando um restaurante oferece centenas de opções, que vão do sushi à comida árabe, é certo dizer que ele precisa de uma mudança de estrutura ou simplesmente não dará certo.

A definição do cardápio implica em praticamente todo o restante do seu restaurante, que vai das habilidades do cozinheiro até mesmo à comunicação feita nas redes sociais.

Quanto maior for um cardápio, maior controle de estoque você precisará ter, e isso poderá incluir um estoquista. Um funcionário exclusivo para fazer a gestão do seu estoque pode se tornar um excelente investimento e trazer muito retorno para o seu negócio.

O mesmo serve para os horários de funcionamento do seu restaurante ou estabelecimento. Se você serve almoço durante o dia e petiscos durante à noite, invista na estruturação.

Pois é, administrar um restaurante é pensar em todos os detalhes e seus reflexos!

 

8 – Ande de mãos dadas com a Lei

É horrível abrir os jornais e ser surpreendido com a notícia de que aquele restaurante que você adora ir está com sérios problemas com a Fiscalização Sanitária ou outros regulatórios.

Se é algo ruim com os outros, imagina com o seu restaurante ou com o seu bar? Se você não gosta nem de brincar sobre o assunto, a dica é seguir todos os passos.

Se necessário, contrate pessoas especializadas no assunto que possam lhe dar orientações mais concretas a esse respeito ou até mesmo tomar a frente dessas questões.

Além da parte moral, quando não se está de acordo com a lei, as multas e burocracias podem chegar a um nível tão grande que o prejuízo é alto, podendo até fechar o lugar.

 

9 – Higiene e Estética no seu restaurante

Estamos passando por uma era em que a experiência pode contar muito mais na hora de uma decisão do que os custos propriamente ditos.

Ninguém quer entrar em um banheiro sujo, menos ainda encontrar resquícios de comida nos pratos ou talheres. Até o chão, que é de difícil controle, passa pelo crivo do cliente.

Por isso, invista em um plano de higiene completo! Procure materiais que sejam eficientes na limpeza e em sua durabilidade.

A estética também deve ser levada em conta ao administrar um restaurante. Ela tem que estar a par com seus objetivos e, claro, com a categoria escolhida.

Por exemplo, se você quer um lugar voltado para negócios, uma estética sóbria e sofisticada é necessária. Não faz sentido um chapéu mexicano, por exemplo.

Se o lugar, por outro lado, é jovem e/ou descontraído, um ambiente construído com cores vibrantes e mensagens engraçadas (que serão fotografadas) é uma boa escolha.

Os dois fatores se unem quanto a imagem do local: crie atmosferas agradáveis e pensadas no conforto. Lembre-se que a pessoa está ali para ter um bom momento!

 

10 – Aprenda a delegar tarefas e acompanhá-las

Um dos maiores erros encontrados em vários líderes é o de não saber delegar tarefas. Algumas pessoas são centralizadoras e acabam abraçando o mundo.

Isso não é uma boa escolha em qualquer âmbito, menos ainda ao administrar um restaurante, que possui tantas e tantas demandas.

Procure sempre distribuir as tarefas, levando em conta as habilidades de cada funcionário e também sua disponibilidade para tal.

Esteja atento aos detalhes e procure perceber o que pode ser melhorado e o que ainda está com um grande grau de deficiência.

 

 

Todo negócio é um verdadeiro universo e administrar um restaurante pode ser altamente complexo. Como falamos no início, todo dia é um aprendizado.

Apesar disso, é possível sair na frente ao administrar um restaurante, quando se tem total ciência dos processos e necessidades ao redor do estabelecimento.

Você, enquanto dono(a) ou gerente, precisa saber de cada aspecto, de cada passo, que vai da cozinha até que o prato chegue na mesa. Da entrada até a saída do seu cliente.

As dicas que apresentamos ao longo deste texto são um apanhado geral, que deve ser explorado individualmente dentro da sua própria realidade.

Lembre-se que nada vem rápido demais e que tampouco é simples. Ter parceiros de confiança nessa jornada é essencial para seu sucesso! Invista neles!

Além das dicas, ainda mais importante é absolutamente amar o que faz. Administrar um restaurante é um processo que exige muito dos donos, gerentes e demais funcionários.

Servir ao próximo e estar disposto a fazer com que tudo saia perfeitamente é, antes de tudo, algo que vem de dentro. Se você tem isso em si, vá em frente que o sucesso é garantido!

Conte sempre com a Tronsoft para agilizar os processos de atendimento e realização de pedidos dentro do seu restaurante, minimizando erros e conquistando confiança!

 

A Tronsoft tem como missão fornecer um software e soluções que potencializam nossos clientes e parceiros. Saiba o que podemos fazer pelo seu estabelecimento aqui. Entre nossos muitos serviços temos software para restaurante, sistema para bares e restaurantes, comanda eletrônica; sistema para restaurante; sistema para lanchonete e mais.