Publicado em 31 de janeiro de 2019

Administre seu restaurante com excelência

Divulgação                                       

 

O ramo da alimentação pode ser desafiador por ser bastante mutável, principalmente para empresas da área como os restaurantes. Entretanto, muitos desses estabelecimentos conseguem superar os obstáculos que surgem, obtendo com o tempo sucesso e grandes lucros. Mas o que deve ser feito para conquistar e manter um restaurante em alta?  Em matéria para o portal Administradores, o empresário Daniel Mendez aponta em sua fala alguns passos fundamentais para melhorar a administração desse tipo de empreendimento.

Quanto à área financeira, o gestor precisa focar em três pontos: investimento, custos diários, e deveres e impostos. Sobre o investimento é necessário levar em consideração seus números dentro dos gastos mensais do restaurante desde sua abertura, o que evita falhas na margem de lucro e eventuais problemas financeiros. Acompanhar os custos diários também é algo essencial perante os desperdícios e imprevistos que ocorrem, auxiliando consequentemente na resolução de problemas e tornando o serviço eficiente. Já os tributos e deveres trabalhistas necessitam ser acompanhados por profissionais especializados, que possam facilitar esses processos e acompanhar as novidades que surgirem.

 

Divulgação                                       

 

A ligação entre administrador e colaboradores é outro ponto importante, visto que esse primeiro precisa instigar os demais a crescerem como profissionais e, consequentemente, a aperfeiçoar o restaurante em diversos aspectos. Um desses passos é unir treinamento e liderança, onde o gestor vira exemplo para os funcionários e ao mesmo tempo os escuta, motivando-os a agir de mesma forma. Outro fator importante é proporcionar segurança dentro do ambiente de trabalho desde a construção desse espaço, evitando possíveis acidentes com efeitos de curto e/ou longo prazo. E não podemos deixar de enfatizar o cuidado com a higiene, que pode ser feito com a equipe através de medidas simples, como atenção a temperatura dos alimentos e até mesmo lavar as mãos.

A opinião do cliente também deve sempre ser prezada, porém através das abordagens corretas. Ao realizar uma pesquisa de satisfação, por exemplo, o gestor não pode utilizar questionários escritos, visto que quem está insatisfeito necessita com urgência de um retorno. Por isso, o administrador precisa dialogar com cada consumidor, além de realizar pesquisas abertas e sinceras com eles, como o modelo das quatro carinhas de “ótimo”, “bom”, “regular” e “ruim”. Outra forma é se atentar ao tanto de comida que o cliente descarta ou deixa no prato. Se muitos não ingerem uma porcentagem significativa do que é oferecido, então pode existir algo de errado na qualidade do alimento. Promover o contato da equipe com o consumidor também é fundamental, onde os colaboradores possam ouvir de forma direta elogios e/ou reclamações e consigam promover melhoras em seus trabalhos.